VICE NA COPA DO MUNDO

Exatamente dois meses após o bronze olímpico, nadadora brasileira se garante mais uma vez entre as melhores do mundo na modalidade

VICE NA COPA DO MUNDO

Os últimos dois meses foram inesquecíveis para a carreira de Poliana Okimoto. Em 15 de agosto, a maratonista aquática brasileira conquistou o bronze olímpico no Rio de Janeiro em uma prova emocionante. Neste 15 de outubro, a atleta da Unisanta voltou a brilhar e ficou com o vice-campeonato mundial de Águas Abertas.

A sétima e última etapa da temporada aconteceu em Hong Kong, com Poliana ainda na briga pelo título. A italiana Rachele Bruni, porém, liderava o ranking até aqui e ainda venceu a última prova, garantindo o título mundial. Poliana ficou na terceira posição ao terminar o percurso de dez quilômetros em 2h17m28s2, mesma marca que a segunda colocada, Arianna Bridi, da Itália.

O resultado deixou Poliana com 74 pontos no total em 2016, na segunda posição geral. Rachele Bruni, campeã do circuito e medalha de prata nos Jogos Rio 2016, fechou com 86 pontos. Na terceira posição ficou a alemã Ângela Maurer, com 61. A brasileira, assim como a italiana, disputou apenas cinco das sete provas, já que as duas etapas do Canadá foram na época de preparação e durante os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Depois de fazer história para o Brasil, conquistando a primeira medalha olímpica de uma mulher em esportes aquáticos, e ainda garantir o vice-campeonato mundial dois meses depois, Poliana agora sim poderá descansar. “Foi um ano maravilhoso. Consegui a primeira medalha feminina da história dos Esportes Aquáticos do Brasil em Olimpíadas, então só tenho que agradecer a torcida de todo mundo e curtir as férias”, comentou após a prova.

Poliana já conquistou o título do Circuito Mundial em 2009 e foi terceira do ranking mundial em 2007.

Start typing and press Enter to search