É prata na 1ª etapa

Poliana Okimoto comemora medalha em prova “difícil” com chuva e correnteza na Argentina

É prata na 1ª etapa

Poliana Okimoto, medalhista de bronze na Rio 2016, começou o ciclo olímpico de Tóquio 2020 com um resultado importante. Na primeira etapa da Copa do Mundo de Águas Abertas, em Viedma, na Argentina, a atleta da Unisanta conquistou a prata em uma prova dura e muito disputada.

Ao lado de grandes nomes da modalidade, Poliana terminou a prova de 10km em 2h12min13s54, exatamente o mesmo tempo que a italiana Rachelle Bruni, com quem terminou empatada e dividiu a medalha de prata. O ouro ficou com a também italiana Arianna Bridi.

O percurso, que contou com quatro voltas de 2,5km no Rio Negro, ficou ainda mais difícil por conta do mau tempo em Viedma. “Muito bom começar o ano bem, em 2º lugar na primeira Etapa da Copa do Mundo. A prova foi muito difícil e dura, com correnteza forte, vento, marola, frio, chuva e raios, mas foi uma experiência sensacional que levarei para a vida”, ressaltou Poliana.

O Circuito Mundial terá o total de sete etapas em 2017, com pontuação somada até o final para definir a campeã mundial do ano. A segunda prova será dia 11 de março, nos Emirados Árabes. O Circuito ainda passará por Portugal, duas vezes no Canadá, China e Hong Kong.

Poliana Okimoto já conquistou a Copa do Mundo de Maratona Aquática em 2009, foi vice-campeã em 2016 e medalhista de bronze na temporada 2007.

Foto: FINA

Start typing and press Enter to search